Madre Vida - Naming, Branding & Visual Identity

Madre Vida is a medical clinic created with the aim of favoring the care of a poor population by offering good quality services at a very affordable price. The place chosen to open this company was in a neighborhood with low purchasing power and great visual confusion. Therefore, it was necessary a study of colors capable of making the eyes of possible clients be attracted to the clinic and feel the need to be well attended.

Ideally the Logo should explain or suggest what the company symbolizes. But this is usually unnecessary and does not demonstrate effectiveness as the history of graphic design shows. There is nothing in the IBM logo, for example, that suggests computers. Only IBM letters formed by stripes. These stripes are now associated with computers because a large company had its visual identity built with those ideals. This is true also for the ABC (American Broadcasting Company) logo, which does not suggest anything related to televisions. They are globally recognized only by the Mnemonic factor (used as a technique to aid in the memorization of data by the human brain)

In the case of Mother Life, the mnemonic factor is its symbol. His visual style encompasses 3 meanings and still suggests a kind of optical illusion. Optical illusions are great for playing with the human brain and saving visual references.

With the objective of transferring ideas of justice, fair price, health differential, low price, welcome, nice location, differentiation of competitors, Brazilian health is considered bad by the needy population, customers wait months in line to get cheap medical care , Madre Vida comes as a significant differential for the local market.

The identity of the logo, to meet these needs, is based on memories of the holy Mother Teresa of Calcutta, the symbol of the heart and its initials “M” and “V”.

See the project below:

A Madre Vida é uma clínica médica criada com o objetivo de favorecer o atendimento de uma população carente oferecendo serviços de boa qualidade por um preço muito acessível. O local escolhido para abertura desta empresa se deu em um bairro com baixo poder aquisitivo e grande confusão visual. Sendo assim, foi necessário um estudo de cores capaz de fazer os olhos de possíveis clientes serem atraídos para a clínica e sentirem a necessidade de serem bem atendidos.

Idealmente o Logo deve explicar ou sugerir o que a empresa simboliza. Mas isso é geralmente desnecessário e não demonstra eficácia como mostra a história do design gráfico. Não há nada no logo da IBM, por exemplo, que sugira computadores. Somente as letras IBM formadas por listras. Essas listras são agora associadas a computadores pois uma grande companhia teve sua identidade visual construída com esses ideais. Isso se mostra verdadeiro também para a logo da ABC (American Broadcasting Company), que não sugere nada relacionado à televisores. Eles são reconhecidos globalmente somente pelo fator Mnemônico (utilizado como técnica para ajudar na memorização de dados pelo cérebro humano)
No caso da Madre Vida, o fator mnemônico é seu símbolo. Seu estilo visual abrange 3 significados e ainda sugere uma espécie de ilusão de ótica. Ilusões de ótica são excelentes para brincar com o cérebro humano e guardar referências visuais.

Com o objetivo de transferir ideias de justiça, preço justo, diferencial na saúde, baixo preço, acolhimento, local agradável, diferenciação dos concorrentes, pela saúde brasileira ser considerada péssima pela população carente, pelos clientes esperarem meses na fila para poderem conseguir atendimento médico barateado, a Madre Vida vem como um diferencial de peso para o mercado local.

A identidade do logo, para suprir essas necessidades, se baseia em lembranças da santa Madre Teresa de Calcutá, o símbolo do coração e suas iniciais “M” e “V”.

Veja o projeto abaixo: